Associação Vipassana Portugal

O primeiro curso de 10 dias organizado em Portugal realizou-se no Algarve em 1990 para apenas nove alunos. Dois dos alunos eram antigos estudantes e não eram portugueses. Naquele momento só havia dois alunos de Vipassana em Portugal. Desde então foi ministrado um curso de 10 dias todos os anos, tendo-se posteriormente aumentado para dois a três cursos por ano. Até 1998 os cursos foram conduzidos em inglês e espanhol, mas graças aos esforços de vários alunos brasileiros o curso foi gravado em português, permitindo assim que cada vez mais portugueses pudessem aprender a técnica.

Em 2011 foi fundada a Associação Vipassana Portugal (Associaçãosem fins lucrativos) que se ocupa da organização dos cursos e também da difusão desta técnica de meditação que promove o auto-conhecimento, a moralidade, a concentração mental, a observação e a profunda compreensão da própria realidade física e mental. A Associação é constituída por antigos alunos que se reúnem pelo menosuma vez por ano e são eleitos a cada 3 anos. 

Uma vez que a Associação não está ligada a qualquer tipo de estrutura organizada, a realização dos cursos só é possível através de donativos voluntários. Estes donativos são aceites apenas de quem tenha completado pelo menos um curso e que deseje que outros cursos se realizem para que outros também possam beneficiar.

 

Corpos Sociais da Associação Vipassana Portugal para o trienio 2014-2016


ASSEMBLEIA GERAL:

Presidente –Fernando Loução
       
Vice-presidente – Baerbel Engel

1º Secretario – Filipa Bernardo


DIRECÇÃO:

Presidente –  Eric Balans
       
Secretário – Alexandra Gil

Tesoureiro – Catarina Gonçalves

Vogal - Nuno Rainha


CONSELHO FISCAL:
           
Presidente – Erika Kaschlun
       
Vogal – Marlies Ronnebarth
       
Vogal – Owain Harris